Amante: ser ou ter? - parte I

Continuando em assuntos polêmicos mas por favor não vistam a carapuça!!! quero falar sobre essa coisa de amante.

Eu tenho amigas que foram amantes e amigas que tiveram amantes, e em ambas as situações a pessoa que fazia o papel de amante nunca foi promovida ao de namorada.

Vou falar primeiro da situação ser amante.

Uma amiga minha foi amante de um cara por uns 5 anos. Ele dizia aquele bla-bla-bla conhecido de que o casamento estava em crise, que queria se separar mas que não podia fazer isso com um filho pequeno, que precisa esperar o filho crescer. E aí minha amiga ficou lá, feliz e sorridente, fazendo o seu papel de amante (indo a móteis em horário comercial, dividindo almoços executivos do motel, mandando emails com nome de menino etc). O filho do cara cresceu, ele tomou coragem e se separou. E aí minha amiga virou namorada, certo? Não. Errado. Ela continuou sendo amante, mas dessa vez de um cara solteiro. Ele argumentava que não podia assumir ela assim de cara pois a esposa ia desconfiar que ele já tinha a amante antes de se separar. Ahã. Sei. E daí?

E daí que foda-se o sentimento dela né? O cara manteve a menina como amante dele (mesmo estando solteiro) por mais um ano até que ela caiu fora. Mas não pensem que foi voluntariamente. O cara arrumou uma namorada e queria que ela continuasse como amante. Ai ela não aguentou mais.

Eu fico pensando aqui com meus botões. O cara saía com a mulher a 5 anos. Aquela coisa certinha. Toda semana tinha o motel básico e o almoço executivo. Inventava mil desculpas pra não se separar da mulher, mas quando a amante queria cair fora ele não deixava. Aí se separou e não assumiu a amante. Arrumou uma outra namorada.

Eu sempre achei que quem era amante dificilmente viraria namorada. Pelo simples fato de que é difícil achar alguém que se submeta ao papel de amante numa boa. Então quando você acha o ideal é manter aquela pessoa ali. Namorada é fácil de arrumar, mas amante não.

Eu sei que quando a gente gosta de alguém a razão vai pra casa do caralho bem longe, mas ser a outra é complicado. Ter um relacionamento inclui além dos momentos bons, poder contar com a pessoa nos maus. É poder levar nos almoços de família, nos aniversários, no Natal e no Ano Novo. É ganhar chocolate na Páscoa e viajar em algum feriadão. Isso é o que faz os namoros serem namoros. São esses momentos em grupo somados aos momentos a dois. E isso quem é amante perde.

10 comentários:

Spindola, Alvaro R. disse...

.... nem bem arrumou um namorado e já tá falando em amante....

Barbarella disse...

Conheço uma história parecida com essa... o fim é sempre o mesmo...a filial nunca vira matriz...kkk..
Acho que eu não conseguiria...sou muito eu, muito egoísta pra ficar em 2ºplano...
Bj bom finds

Loira e Morena disse...

Eu já fui amante, mas como vc mesma falou nunca cheguei a virar namorada... Mas valeu a pena o tempo q durou..rs
Mas eu nunca tive um amante..rs

Beijaooo da Morena!

Felipe disse...

Depende do que se quer... Depende de até quando se deixa usar.
Beijo

Cansada de ser boazinha disse...

Complicado isso... mas conheço um caso em que a amante hoje é a atual esposa. Casos e casos... as pessoas são imprevisíveis!
Bjos!!!

Hecton P.Domingos disse...

Se for pra ter algo intenso e prazeroso, porque não? Afinal de Contas somos livres....

Otimo Texto.

Um Forte Abraço.

Deusa disse...

E o seguinte mulher q se sujeita a ser amante tem q ser liberal, ter outros relacionamentos e fazer o cara gostar muito dela, para q se acontecer dele separar ele querer fazer dela oficial, so q e o seguinte geralmente a amante e mais uma fiel na vida do cara.
Ja fui a outra, ja tive outro e posso te falar a verdade, ser a outra nao vale a pena desde q vc tenha alguem e ele tbm seja o outro.

vida cotidiana disse...

Vou te dizer, já tive amigas que eram amantes, arrastavam uma enorme corrente pelos caras, mas nunca foram algo importante na vida deles. Olha, minha mãe sempre falou, homem, pode ter amante, mas nunca vai viver com elas , mesmo que se separe, bjs

Bia Firpo disse...

Ka, estive aqui tentando comentar seu post mas foi ficando tão grande que acabei postanto o comentário....rsrsrsrs
Beijos mil!

Flávio disse...

Mudam-se as pessoas, mas as estorias sao as mesmas.