Roupa de trabalho impõe respeito?

Desde ontem um assunto não sai da minha cabeça...

Como muitos sabem sou farmacêutica e uma amiga minha, farmacêutica também, começou a trabalhar essa semana numa drogaria. Se alguém já precisou conversar com um farmacêutico de drogaria alguma vez deve ter percebido que nosso "uniforme" é um jaleco branco, comum à quase todas as pessoas que trabalham na área da saúde.

Então se nosso uniforme é um jaleco, de certa forma não importa se por baixo dele estamos usando um jeans com camiseta ou uma roupa social. O que importa é o nome nele bordado, e ali diz: fulaninha de tal, FARMACÊUTICA.

Mas então por que cargas d'água as pessoas insistem em manter aquela coisa de roupa pra trabalhar só mesmo a social?

Eu não serei menos competente por estar com um All Star e um jeans. Eu não saberei mais farmacologia por estar com calça social e sapato de salto.

Compreendo que a roupa social dá um ar mais sério, de alguém mais maduro e por isso mais responsável. Mas se ela está por baixo do jaleco, do que importa?

Não sou uma pessoa que julga pela aparência. E não gosto de ser julgada pela minha. Desempenho muito bem o meu papel independente da roupa que uso.

Não faz sentido na minha cabeça um funcionário de uma hierarquia abaixo da minha não me respeitar por causa da minha roupa. Eu estudei 4 anos de Havaianas, e aprendi tudo o que tinha que aprender. A minha cara de 16 anos não me permite exigir respeito de cara, já que a maioria das pessoas acham que eu ainda estou no ensino médio, mas me incomoda pensar na idéia de mudar todo o meu estilo por causa de uma roupa que ficará por baixo de um jaleco. Prefiro pensar que o mais importante está ali escrito: farmacêutica, e que ao desempenhar bem o papel que escolhi para minha vida terei o respeito dos demais funcionários, sem precisar usar roupas que me fazem parecer anos mais velha.

Irritada. Ta aí a definição de como estou.

Não quero usar roupas sociais. Não quero não poder usar meus All Stars. Raivinha!

5 comentários:

Caio Carvalho disse...

Adorei o seu raciocínio: "...Eu estudei 4 anos de Havaianas, e aprendi tudo o que tinha que aprender..."

A roupa, o título não impõe respeito. A qualidade e eficiência do profissional que fazem isso.

Agora... All Star dura nada heim!

Beijos!

Carol disse...

Oiiie Ka, concordo contigo as pessoas julgam umas as outras pelo que vestem e não pelo que são!
Acho que não faz mal usar teu all star e nem jeans!
Acho que o que é importante é o teu conhecimento adquirido e tudo mais!
esta ali no jaleco!
beijos

flor disse...

Oi Ka,
eu fico muito indignada c isso sabe,pq lá no meu trab, tbm só pode usar roupa social,na sexta -feira é q há uma peq exceção,e pode usar jeans,mas tênis nunca,jamais,aff e eu que adoro tênis,jeans,camisetas,concordo q a capacidade, a competência de um profissional não está na roupa q ele usa,será q isso muda um dia? difícil.

bjos.

Patricia disse...

eu acho que impoe, mesmo que nao seja o certo e mesmo que quem nada se compare ao trabalho bem feito independente da roupa e até sem roupa lol
meu sonho é trabalhar de all star ou keds

beijooooooo

Barbarella disse...

Infelizmente é assim....A roupa fala muito sobre você...principalmente no trabalho...
Também odeio isso ...mas é a soociedade que nos impõe....
Bj grande