A difícil tarefa de ficar sozinha

Conversando hoje de manhã no laboratório uma amiga comentou sobre o quanto ficou sozinha no fi m de semana. Mencionou que a única pessoa com quem ela falou no domingo foi a menina do caixa do restaurante, que perguntou: "dinheiro ou cartão?".

O assunto se estendeu, e eu que já passei vários fds sozinha, disse que era tranquilo. Uma outra amiga retrucou dizendo que não dá, e que eu sou uma desapegada (rs!) por conseguir.

Nisso me peguei pensando sobre isso agora e lembrei de uma porção de gente que consegue ficar bem sozinha, e mais uma porção das que não conseguem.

É engraçado como as pessoas confundem ficar sozinhas com o ficar só. Em nenhum dos momentos em que estive sozinha um fim de semana inteiro eu me senti só, mas já cansei de estar acompanhada e me sentir assim.

Ficar sozinho é uma tarefa complicada. Exige que você se dê bem consigo mesmo, afinal sua cia será você mesmo. E exige que você consiga desfrutar numa boa de atividades individuais, como ler um livro, ou que consiga fazer sozinha atividades que normalmente são feitas com mais de um, como ver um filme.

Eu adoro a minha própria cia. É claro que é muito legal ir ao cinema com amigos, ou mesmo com o namorado, mas já cansei de ir sozinha. Assim como vira e mexe vou à praia sozinha também.

Não me lembro em qual revista eu li sobre isso, mas era uma reportagem que falava dessa coisa das pessoas terem 345 amigos no orkut, mais 148 no Facebook, 86 seguidores do Twitter e por conta disso não conseguirem se desligar do mundo virtual. Argumentavam que ficar off line era como ficar só. Falavam que não dava pra ficar sozinho, e que se manter longe do mundo virtual fazia com que isso acontecesse.

A revista trazia ainda a opinião de uns especialistas que diziam que o ser humano precisa de momentos de solidão, mas que com o passar dos anos, e entenda aqui milhares de anos - a famosa evolução, a gente vinha tornando esses momentos cada vez mais raros. Que enquanto nossos antepassados usavam os momentos de ir à caça ou de mudança de local (que duravam semanas ou meses) para pensar, muitos de nós reduziu isso ao tempo do chuveiro.

Ficar sozinho nada tem a ver com ficar só. Tem a ver com ficar consigo mesmo. E saber aproveitar esses momentos como quem aproveita os momentos em cia das outras pessoas.

3 comentários:

Carol disse...

Oi Ka tudo??
bah hoje tava falando sobre isso com a minha mae!
eu adoro ficar só(comigo mesma), já ela não!
Pra mim é melhor, gosto quando a casa ta vazia e eu to ali comigo, me descobrindo mais, e tal. beijosss

Loira e Morena disse...

Eu tbm me dou muito bem com minha própria cia, mas confesso q adoro estar rodeada de amigos e com o meu amor do lado..hehe
Boa semana!

Beijaooo da Morena!

Ivonildes disse...

Estou lendo isso pela necessidade de aprender aficar sozinha. Venho de um relacionamento longo acho que está no finalzinho, sabe. HJ tentei ir a um show que queria muito e ele não então mesmo tendo atitude de ir não consegui estacionar, voltei rapidinho, sem tentar mto. Me vi como uma dependente e achei isso o ó. Confesso que preciso aprender a ser só e curtir isso.
Bjs