ainda é quarta-feira?

Ooooo semana corrida e que ao mesmo tempo tá demoraaaaando pra passar...

Aliás.. as últimas três semanas foram assim. Prova em cima de prova. Trabalho, compromissos familiares e mais provas e trabalhos... Só de pensar eu canso.

Amanhã tenho uma prova de uma matéria que eu gosto muito mas que foi pessimamente dada. A professora faz o estilo FDP que ensina "a" e cobra "Z" então tenho que estudar um mundo de coisas: o que ela deu e o que ela não deu.

Tinha que ter começado a estudar no fim de semana, mas esse fds foi suuuuper "movimentado".

Domingo foi a comemoração do niver do meu pai e do meu irmão. 75 e 43 anos, respectivamente. Então foi um dia perdido.

E o sábado? Ah... o sábado eu usei pra ficar com namorado, que passou a semana em SP e me deixou aqui morrendo de saudades.

Eu me acostumei tanto com a presença dele por perto que quando ele viaja fica um vazio, a sensação de que está faltando alguma coisa. E o abraço faz taaaanta falta. Principalmente nas semanas loucas e estressantes que nem essas que estou vivendo.

No sábado ainda, eu soube que uma prima minha perdeu o bebê que estava esperando, com 8 meses e pouco. Pelo que entendi havia uma incompatibilidade entre ela e o bebê (não é aquela do fator rH não), que acabou causando um trombo no cordão umbilical e deixando o bebê sem oxigênio, levando-o a morte. Fiquei arrasada. Essa minha prima é muito minha amiga, praticamente prima-irmã. E poxa, com 8 meses já tava tudo pronto pra chegada do bebê... quarto arrumado, família empolgada... muuuito triste isso.

Quando eu menos percebi o fds já tinha acabado e segunda tinha chegado. Fiquei de segunda pra terça até as 4 da manhã montando um seminário pra apresentar na terça, dormi pouco, passei a terça com sono e mesmo assim estudei pra prova.

Hoje já é quarta, a prova é amanhã. A matéria tá imensa e eu já estou com dor de cabeça de tanto olhar aquele monte de letras no livro.. rs Acho que terei uma dor de estômago por stress em breve, rs...

Por falar nisso, a terapia está indo bem. Não tenho tido mais dor de estômago (exceto essa que acho que terei) e decidi não pensar muito em coisas que poderiam acontecer de ruim. Acho que isso acaba atraindo energias negativas e eu não quero isso perto de mim. Muitas coisas ainda me deixam insegura. Tenho a impressão de que sempre estou numa corda bamba, que a qualquer momento despencarei. Mas tenho tentado seguir em frente sem olhar pra baixo, e principalmente sem olhar pra trás. Não dá pra viver achando que as coisas ruins que aconteceram no passado podem acontecer de novo. E no fim das contas têm muita coisa acontecendo que me deixam mais tranquila e mais segura.

Pois é.. acabei falando de um mundo de coisas sem nexo...

Não tenho culpa se as coisas vão surgindo na minha cabeça mais rápido do que o normal... E definitivamente eu não quero deixar essas coisas aqui... Não gosto e não posso ficar ruminando. melhor colocar pra fora assim que surgirem, mesmo que isso implique num texto sem nexo como este.

beijobeijo

7 comentários:

vida cotidiana disse...

Nossa, fiquei cansada por você, que semana, hein???bjs

Loira e Morena disse...

Mas q correria en.
Meus sentimentos a sua prima, deve ser muito dificil perder um filho, ainda mais assim, faltando tão pouco tempo para ver a carinha dele.

Beijaooo da Morena!

Ana disse...

Ka, não nos conhecemos...
Lamento pela sua prima e pelos traumas q vc passou em sua vida tb, mas...acredite...um dia irá entender o qto de coisa boa cada um dos maus momentos trouxeram.
Tente pensar no que aprendeu, no que ganhou e, aí, com certeza o medo vai embora!!!!!
beijo grande e boa prova

Patricia disse...

ah até tem nexo sim!

e se a corda for bamba a gente cai e levanta!

fé amiga! é isso, quando a cabeça dói a matéria é grande e o tempo é curto! fééé!!!!! hehehe
pior é rezar depois da prova :(

estou morrendo de saudades e no ritmo frenetico também. queria que essas semanas voassem, mas elas estao longas demais!!

te amo!
te cuida
:*******

Moni disse...

oiii cheguei atrasada aki né??? eheheh mas veja pelo lado bom! hj já é sexta! tenha um lindo findi! beijos

Barbarella disse...

Oi Ká...
meus sentimentos pelo bebe de sua prima...
Sobre seu post...sei o que esta passando, já passei por isso..e nada como o tempo...e gente vai crescendo e aprendendo a lidar com as dores e os desafios...pra mim a terapia foi muito boa...escrever sempre me fez sentir melhor...
Já comentei lá no blog da Patricia...essa correria da facul acaba e dá uma saudade depois....
Bjs e curta cada momento da vida!

۞ Sol disse...

Tudo que vc disse tem nexo sim...rs
Pelo menos pra mim, que também faço terapia pra tentar deixar o passado pra trás e tentar viver o hoje. Mas as vezes é difícil né!? Beijos