redes sociais ou o dia em que o Facebook me irritou

Eu não sou uma pessoa calma. Nunca fui nem nunca serei.

Mas eu também não sou a mais barraqueira do mundo. Pra falar a verdade nunca fiz um barraco. Eu sempre super me irrito e aí ou guardo tudo pra mim ou então desconto tudo em cima de alguém.

Hoje foi um desses dias em que eu super me irritei e tive que guardar tudo pra mim.

Eis que o Facebook resolveu me sugerir uma determinada pessoa como amigo. Pessoa essa que só de olhar, de ouvir falar o nome, eu tenho vontade de gritar.

E eu não pude fazer nada. Não dá pra gritar com o Facebook e nem com as não-sei-quantas pessoas em comum entre essa pessoa e eu.

Vou falar o que? "Eu não suporto fulaninho de tal então deixa de ser amigo no facebook dela pro meu facebook não me sugerir mais ela como amigo?". Não rola né?! A louca total.

Eu já falei uma vez que se pudesse desintegraria essa pessoa da face da Terra. Ou então mandaria ela pra bem longe sabe, tipo "vai medir o tamanho do feijão na Índia, vai...".

But unfortunately I can't...

Então o jeito é segurar a raiva e o grito e respirar. Não posso carregar isso comigo porque senão eu que ficarei cheia de rugas e essa pessoa aí sem nada. Mas que dá vontade, ahhh.. isso dá!

1 comentários:

Patricia disse...

devo dizer que também odeio esse aplicativo no face e no twitter tipo "me deixa em paz que eu QUERO ser antisocial!"

e eu conheço essa pessoa genten?
bjssss
vc ta de ferias ne? escrevendo toda hora rs
=*